Curso Como Criar Um Blog De Sucesso Vídeo Aula ⋆ Curso Em Filme


Por Que Estou Frisando Isto?


Desespero: diversas dívidas batendo à porta? São Paulo - O Carnaval já acabou e, agora, 2016 começa de verdade. Isso adiciona, no caso da maioria dos empreendedores, muitas dívidas batendo à porta. Para as pessoas que já está cansado de estar no vermelho, uma boa notícia: uma das melhores épocas pra reorganizar as contas é propriamente nos primeiros meses do ano.


Quem explica é Evanil de Paula, CEO da solucionadora de pagamentos online Gerencianet. “Algumas definições de impostos são feitas nos primeiros meses e isso repercute ao longo do ano” - por exemplo, a opção por qualquer tipo de tributação, como o Claro Nacional. Outra bacana coincidência para reorganizar as finanças é a proximidade do encerramento de contratos, que bem como costumam ser firmados no início do ano. “Na verdade, o quanto antes é o melhor momento.


Porém, no momento em que faltam poucos meses para a expiração dos contratos assinados pela corporação, há um gatilho. Isto pelo motivo de os termos são capazes de ser revisados, o que acrescenta ver de novo valores e até mesmo a procedência do acordo”, explica Vitor Torres, CEO do Contabilizei. Mesmo com o ânimo do começo do ano, tomar conta do orçamento do negócio continua sendo um estímulo para os empreendedores brasileiros.


  1. Como obter dola pelo what zapp

  2. Compartilhe teu recurso criativo

  3. Chegue perto do utensílio

  4. Facebook Marketing - sete Dicas Para Monetizar Com Sua Fan Page Em 2018

  5. 2 - Uma gravadora zoom_out_map

  6. Editor de páginas e posts com recursos avançados de formatação de textos



“A própria escola não ensina como fazer um controle financeiro básico, quer dizer, gastar menos do que se ganha. Numa corporação, é ainda mais complexo do que pela situação pessoal: um negócio envolve capital de giro, datas de pagamento e de recebimento e salários de funcionários, por exemplo”, analisa Flávio Logullo, co-fundador do software financeiro Granatum.


“A gente não entendeu o bê-a-bá das finanças e o empreendedor simplesmente traz tua inexistência de discernimento pra existência da corporação. Parelhar tua corporação é uma meta pra esse ano? O primeiro passo para sair do vermelho é entender como tá tua ocorrência. Sabendo onde você está, é possível estabelecer onde você quer vir, reitera Logullo. “Muitos empreendedores ficam esperando o instante certo pra aclarar o que está acontecendo na corporação, procrastinando esse controle financeiro. Pare e encontre tudo que você imediatamente contraiu de dívida. Feito isso, você consegue começar uma estratégia para sair do buraco”.


Nesta ocasião que você neste momento sabe quais são suas dívidas, é hora de partir pra negociação. Com uma descomplicado discussão, é possível aumentar o período de pagamento ou abaixar o valor diante de uma entrada imediata, por exemplo. Fornecedores costumam ser mais compreensivos do que os bancos e o governo por esse sentido, diz de Paula. Em uma circunstância de incerteza financeira, o empreendedor não podes se acanhar em solicitar mais tempo pra comprar recursos.


O CEO da Gerencianet assim como recomenda priorizar suas piores dívidas pela hora de fazer pagamentos, ou melhor, aquelas em que incidem juros altos. Logullo acrescenta o raciocínio: este também é o instante de calcular se tomar um empréstimo com juros menores para pagar essa dívida de juros altíssimos é mais favorável ou não. O próximo passo é espiar com calma todos os custos fixos que tua empresa detém - como o aluguel, a web e o contador da organização. Deste caso, a solução é tentar renegociar os contratos, como explicado pela dica anterior, ou realizar a troca por fornecedores com maior gasto-proveito, avisa Torres, do Contabilizei.


“Muitas vezes, o empreendedor escolhe o fornecedor mais conveniente, sem pesquisar muito. Sem comparação, há apenas um orçamento e ele poderá perder com isto. Os custos variáveis imediatamente costumam ser diminuídos também com a queda das vendas - como os gastos com matéria-prima, a título de exemplo. Evanil de Paula, da Gerencianet, alerta pra não suprimir investimentos que tragam resultados.


“Muitos empreendedores vão cortando investimentos e acabam minguando a organização, o que gera ainda menos receita. Este é um defeito que vários empreendedores ainda cometem: no momento em que as contas de casa apertam, as reservas do negócio são esvaziadas pra pagar essas dívidas pessoais. Porém, ao remover do montante da sua própria organização, você está prejudicando as perspectivas de receber mais e sair do vermelho de forma sustentável, alerta de Paula. Você domina o que é um fluxo de caixa?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *